THERE IS A LIGHT THAT NEVER GOES OUT

Há Uma Luz Que Nunca Se Apaga

Me leve para sair esta noite
Onde haja música e pessoas
Que sejam jovens e vivas
Sendo levado no seu carro
Eu nunca nunca quero ir para casa
Porque não tenho mais uma casa
Me leve para sair esta noite
Porque quero ver gente
E eu quero ver luzes
Passeando no seu carro
Oh por favor não me deixe em casa
Porque esta não é minha casa
Esta é a casa deles
E eu não sou mais bem-vindo
E se um ônibus de dois andares
Colidisse contra nós
Morrer ao seu lado
Que jeito divino de morrer
E se um caminhão de dez toneladas
Matasse a nós dois
Morrer ao seu lado
Bem, o prazer e o privilégio são meus
Me leve para sair esta noite
Oh me leve para qualquer lugar
Eu não me importo, não me importo, não me importo
E numa passagem subterrânea escurecida, eu pensei
“Oh, Deus, minha chance finalmente chegou”
Mas então um medo estranho me tomou
E eu simplesmente não pude pedir
Me leve para sair esta noite
Oh, me leve para qualquer lugar
Eu não me importo, não me importo, não me importo
Sendo levado no seu carro
Eu nunca nunca quero ir para casa
Porque não tenho mais uma casa, não não não
Oh, eu não tenho mais
E se um ônibus de dois andares
Colidisse contra nós
Morrer ao seu lado
Que jeito divino de morrer
E se um caminhão de dez toneladas
Matasse a nós dois
Morrer ao seu lado
Bem, o prazer e o privilégio são meus
Oh, há uma luz que nunca se apaga
Há uma luz que nunca se apaga
Há uma luz que nunca se apaga
Há uma luz que nunca se apaga…
Priscyla Poll

Colunista Social, Escritora por amor, Historiadora interrompida, Fotógrafa Intermediária, Jornalista desde sempre, Autêntica, Maluca, Super Sincera. Decepcionando pessoas e Cometendo Erros, te desiludindo nas horas vagas.

Related Posts
Deixe um comentário