Exupéry da Depressão

Moça, olha só, não me leve a mal, mas você certamente está enlouquecendo e isso me preocupa. Sei pouco sobre o amor, menos ainda sobre amar, mas sei que o que você está fazendo é encontrando no amor não correspondido, uma desculpa para a sua infelicidade.

A vida é sua, a miséria também, mas peço: por favor, me tire dessa roubada. Tenho uma tendência a achar que a culpa de todas as coisas do mundo é minha, e ser culpado pela sua vida-zumbi é demais pra mim. Sofro da síndrome do pequeno príncipe com seu irritante “tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas”. Então pare de confundir neurose com amor, sofrimento com amor, esperança com amor, comida com amor, preguiça de viver com amor.

 

Priscyla Poll

Colunista Social, Escritora por amor, Historiadora interrompida, Fotógrafa Intermediária, Jornalista desde sempre, Autêntica, Maluca, Super Sincera. Decepcionando pessoas e Cometendo Erros, te desiludindo nas horas vagas.

Related Posts
Deixe um comentário