Preta Gil bota a boca no trombone. Cantora é vitima de ataque racista em mídias sociais.

Preta Gil bota a boca no trombone. Cantora é vitima de ataque racista em mídias sociais.

Outra vitima de racismo na Internet, totalmente sem fundamento escolheu dessa vez a cantora Preta Gil, para lançar seus ataques.

O grupo se autodenomina #MM invadiu o Facebook da cantora para ofendê-la na noite dessa segunda-feira-feira (25/7) deixando mensagens como “Seu talento é igual a sua beleza, 0″, “Achei que macaca vivia apenas na floresta ou no zoológico” e “canta como se tivesse engolido um litro de po***”  em suas publicações.  Preta ficou chocada com o ataque. Além de usar o Snapchat para falar sobre o assunto, Preta resolveu fazer um post desabafo no Facebook e no Instagram sobre o crime. Leia a mensagem completa:

Me chamo Preta Maria Gadelha Gil Moreira de Godoy, tenho 42 anos, sou casada, mãe de um homem de 21 anos e avó de uma boneca de 8 meses, sou filha da mistura. Nasci em um país miscigenado, tenho em mim o sangue indígena dos meus tataravós, sangue negro do meu pai, sangue branco da minha mãe e um coração repleto de amor e orgulho pelas minhas origens.
Desde muito nova convivi com o preconceito de quem não aceitava ver filho de negro em uma escola particular, de quem não consegue aceitar que uma pessoa pode se chamar Preta.
Além do nome, sempre convivi com o fato de ser diferente aos olhos da maioria; de ser a filha do cantor, de não ter corpo de modelo de passarela, de meu cabelo ser liso, (sim acreditem tem gente que acha que eu aliso meu cabelo e com isso dizem que não aceito minha negritude) de mostrar meu corpo no meu cd, de casar com alguém mais novo e por aí vai….
Ontem fui atacada com diversas mensagens de ódio em minha pagina no Facebook; uns atacaram minha cor, meu trabalho, meu corpo, outros tentando fazer piadas de péssimo gosto apenas para tentar me denegrir ou magoar, eles assinaram todos os posts com uma # agiram em bando, são organizados e cruéis. SAIBAM esse tipo de ataque só me fortalece, eu conheço o meu VALOR !!!
São “pessoas” que usam imagens de cachorro, mordaças, mascaras, personagens em quadrinhos, vilões, monstros de filme,crianças, fotos nitidamente forjadas para que o dono do perfil não seja reconhecido.
São covardes, são pessoas vis, não sei quem são. Será que eu deveria não dar atenção ou querer me preocupar com isso? NÃO! Vou me defender em meu nome e de quem mais se sentiu ultrajado com essa verdadeira doença social. Essa epidemia de desamor e ódio que se alastra e atinge a todos.
Estou cansada dessa impunidade, dessa onda de ódio, de gente que escreve o que quer para atacar a quem está quieto. Quero justiça!
Não posso deixar de acreditar na vida, no valor do ser humano, na paz e em nossa raça humana que é uma só. Ilude-se quem acha que existem diferentes raças. Somos todos um só, queiram ou não queiram. Todos morreremos igual, não adianta nada atacar a opção sexual, o partido, o credo ou o time de futebol.
No final da vida, ninguém é diferente de ninguém e ao invés de nos atacarmos, nos matarmos, deveríamos nos unir para não aniquilarmos a dádiva que é viver.
Quero Paz e justiça, pra mim e para todo mundo.

Achei o máximo ! o preconceito não está longe de ninguém, a epidemia de desamor, ódio e os grupinhos e panelinhas para detonar o próximo crescem cada dia mais como um câncer na sociedade atual.

Há duas semanas atrás eu passei por uma situação parecida em um bar aqui da cidade enquanto estava sentada na mesa com uma colega conversando, um casal de aproximadamente uns 40 anos começou a nos provocar por causa de um cigarro, fui enxotada, ofendida e humilhada com os maiores palavrões, chamada de gorda, feia, escrota, por um senhor e uma senhora, que quando explodi e joguei a mesa para cima morreram de medo e ainda tiveram a capacidade de mentir dizendo para a Dona do Estabelecimento que estávamos fumando maconha no local, e que todos os meus amigos eram drogados, maconheiros, bêbados e maloqueiros, esses mesmos amigos eram meus convidados de uma lista com 40 pessoas que consumiram muito no bar e estavam lá para se divertir em paz.

Fui maltratada, mas ignorei tudo em silêncio até o Senhor partir para a agressão, jogando uma lata na colega que fumava na mesa. Depois de tudo acalmado descobri que o mesmo casal já havia caçado briga com pelo menos 3 mesas diferentes. Claro que fiz um B.O registrando tu-din-ho, e sou á favor de tudo que nos torna melhor e nos faz exercer nosso direito.

Portanto Palmas para Preta Gil, Ludmila, Demi Lovato, Miley Cyrus, Chris Rock , Jennifer Lawrence, Megan Fox, Rihanna, Fernanda Vasconcelos, Gisele Bundchen, Marina Ruy Barbosa, Tyra Banks, Grazi Massafera, Victoria Beckman, Lady Gaga, Kristen Stewart, Steven Spilberg, Madonna, Tom Cruise, Jessica Alba, Mila Kunis, Chistian Bale, Cauã Reymond, Thayla Ayala, Alline Moraes, Fabiana Carla, Kate Middleton, Jessie J, Eu e Você. Todos com um belo boletim de ocorrência contra a pratica de cyberbulying e bullying. 

SOMOS TODOS PRETA GIL !!!

Texto : Priscyla Poll

 

Priscyla Poll

Colunista Social, Escritora por amor, Historiadora interrompida, Fotógrafa Intermediária, Jornalista desde sempre, Autêntica, Maluca, Super Sincera. Decepcionando pessoas e Cometendo Erros, te desiludindo nas horas vagas.

Related Posts
Deixe um comentário